Você está muito ocupado!

9 04 2010

O despertador tocou e você se levantou meio desesperado. Pensei que ao menos me desejaria um bom dia ou que falaria comigo umas poucas palavras, querendo saber minha opinião sobre alguma coisa ou mesmo me agradecendo por algo de bom que fiz ontem. Mas eu notei que você estava muito ocupado tentando encontrar uma roupa para vestir. Olhava nos seus olhos, mas você parecia não perceber minha presença. Esperei. Você correu pela casa de um lado para o outro, procurando uma coisa ou outra. E eu estava ao seu lado. Uma palavra, poucos segundos de atenção seriam suficientes para que eu me alegrasse. Por um momento você pensou que tinha que esperar 15 minutos e gastou esse tempo sentado em uma cadeira, fazendo nada, absolutamente nada. Então, eu vi você se mexer rapidamente e, olhando para os seus pés, que se movimentavam, eu pensei que você queria falar comigo, mas você correu para o telefone e ligou para um amigo, lhe contando as últimas fofocas. Eu vi você saindo para o trabalho, e esperei pacientemente o dia inteiro. Com todas as suas atividades, eu achei que você estaria realmente muito ocupado para dizer-me alguma coisa. Eu notei que, antes do almoço, você olhou ao seu redor, talvez tenha se sentido sem jeito ou com vergonha de falar comigo, porque você nem inclinou sua cabeça. Você observou outras mesas e notou alguns de seus amigos falando comigo brevemente antes de começarem a comer, mas você não falou comigo. Tudo bem! Ainda existia mais tempo de sobra durante o dia, e eu tinha esperança que você ainda falaria comigo. Mas você foi para casa e parecia que tinha muitas e muitas coisas ainda por fazer. Depois de terminar algumas delas, você ligou a televisão. Eu não sei se você gosta ou não de ver televisão, mas você gastou o tempo que ainda sobrava em frente à TV, não pensando em nada mais, apenas curtindo um programa qualquer. Eu esperei pacientemente, enquanto você jantava, e mais uma vez você não me agradeceu pelo meu trabalho e dedicação. Hora de ir para cama, hora de dormir….Você está muito cansado. Depois de dar boa noite à sua família, pulou na sua cama, dormindo subitamente. Tudo bem, ok, talvez você não saiba que eu sempre penso em você. Tenho muita paciência, muito mais do que você pode imaginar. Eu mesmo quero lhe ensinar como ser paciente com as outras pessoas e como ser bom. Eu amo tanto você que espero todos os dias por um sinal seu, um simples inclinar de cabeça, uma oração, um pensamento, uma palavra ou um agradecimento de coração. Não quero monologar, preciso conversar com você. Bom, você vai se levantar outra vez para um novo dia, e mais uma vez, e mais outra vez, e outra vez, e serão muitas as vezes que eu ainda estarei esperando pacientemente alguma atenção, algum tempo.

Tenha um bom dia!

Do seu melhor amigo, Deus.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: