A maravilhosa graça de Jesus Cristo

27 05 2010

Começo com a seguinte indagação se Deus é por nós quem será contra nós? O Senhor tem me confortado muito com essa palavra e meditando nela me pergunto, quem somos nós para que Ele nos ame tanto assim? O que fizemos para merecer tamanho amor? A resposta é simples, Nada, é isso que somos, nada mais do que ninguém. E o que nós fizemos? O repudiamos e dEle não fizemos caso algum contudo mesmo assim Ele nos amou e se fez maldito na cruz por nós.
Temos limitado nossa visão exclusivamente às coisas terrenas e com isso nos esquecido de que Deus é muito mais do que se tem falado a Seu respeito ultimamente. A adoração precisa ser algo genuíno nascido da sinceridade dos nossos corações, única e exclusivamente por aquilo que Deus é e não por aquilo que Ele possa nos dar, temos a facilidade de nos deixarmos levar por ventos passageiros que nos tiram a visão do reino nos fazendo esquecer da nossa pequenes, nossa miserabilidade e de quão vazios somos sem a presença de Jesus. E o inacreditável é que o amor de Deus não se abala com as nossas fraquezas, Ele nos amou sem receber nada em troca e a única coisa que podemos fazer é agradece-lo por tamanha bondade e misericordia, afinal nossas melhores obras são como trapo de imundícia diante do Senhor, nisso está a grandeza da maravilhosa graça de Jesus que mesmo sendo nós miseráveis pecadores Ele nos amou.
Deixo um apelo que busquemos ao Senhor em espírito e em verdade, que nos atentemos ao que de fato nos ensina as escrituras, porque é ela que nos liberta, é ela que nos alimenta, é ela que nos faz ter esperança e fé e É através dela que podemos contemplar a MARAVILHOSA GRAÇA DE JESUS CRISTO, lembremo-nos sempre de que todas as coisa podem ser vencidas no amor de Deus, porque para Deus não haverá impossíveis, que Ele nos abençoe e nos ensine a cada dia sermos conforme o Seu coração.

“A minha graça te basta, pois o meu poder se aperfeiçoa na sua fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.” 2 Co 12.9

Por Renan Fortunato

Anúncios




Louvado seja EU

13 05 2010

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim”
Esse sem dúvidas é um dos mais conhecidos e citados versículos da bíblia, o chamaria até de parte indispensável e insubstituível do nosso famoso “evangeliquês”, o que de maneira nenhuma consideraria ruim tendo em vista a importância e a seriedade da palavra de Deus, porém o que eu gostaria de tratar nessa reflexão não é se sabemos ou não o versículo ou onde ele se encontra na bíblia, e sim se temos dado a devida atenção à mensagem trazida por ele.
As igrejas da atualidade têm perdido sua essência Cristocentrica, não se louva mais nas igrejas, não se prega a mensagem da cruz, o evangelho tem sido substituído por mensagens de auto-ajuda que nos levam a crer que Deus é um simples realizador de sonhos e desejos e extinguem completamente Sua supremacia. O homem tem buscado para si toda honra, toda glória e todo louvor que por direito pertencem a Deus, os ministérios já não possuem o nome do Senhor, o marketing e a publicidade têm obtido mais valor do que a maravilhosa obra do Espírito Santo, é muito mais fácil crer que encheremos um estádio de futebol trazendo um “gospel-star” da música do que pela fé, a benção têm se tornado mais importante do que o abençoador.
É fácil servirmos a um “deus” massageador de egos, o difícil é servir ao Deus de Abraão, Isaque e Jacó que desde o princípio nos ensinou que todas as coisas pertencem a Ele, que muitas vezes é duro ao nos ensinar, ao nos mostrar o caminho, mas que também nos demonstra um extremo amor, que nos mostra que com Ele o gigante se torna pequeno e que as muralhas podem ser derrubadas com um simples soar de trombetas. Somos sim instrumentos nas mãos do Senhor, porém ao afirmarmos que estamos crucificados com Cristo devemos anular por completo o desejo de sermos reconhecidos e considerados partes fundamentais da obra de Deus, afinal nós é que precisamos dele. Toda honra, toda glória, todo louvor sejam dados a Deus eternamente.

“Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que, há seu tempo, vos exalte, lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.” 1 Pedro 5.6-7

Um grande abraço, Deus abençoe.

Por Renan Fortunato